For Everyone Now is a site that shows Lyrics, Music, Songs, Sounds and Playlist. Music for your enjoyment! Use our search or click next.

Oriente – Isso é RAP

3
Oriente - Isso é RAP

Você lembra?
Eles nunca gostaram de nós
Tamo por todo lado
No fone ou no rádio
O som que a rua faz
Explode o grave do carro
Mas tem que ouvir alto que isso é RAP
Mas tem que ouvir alto que isso é RAP
Se eles querem meu sangue
Vão ter que corer mais rápido
Porque eu tô disposto a regar essa terra de suor
Se eles querem minha alma
Vão ter que enfrentar meus santos
Hoje eu vou mostrar o que eu tenho de melhor
Se eles querem meu corpo
Só quando eu estiver morto
Lealdade, porque somos um só
O meu bom-comportamento
Hoje é meu mal-comportamento
Sempre enfrentamos o mundo sem dó
E agora vai dizer que tu sempre passou um pano?
Vai dizer que passou um pano?
Pera, meu mano
Que quando nós começamos
Não tinha essa estrutura
Que essa porra nós criamos!
Um salve pro Damassaclan
E um salve pra todo nordeste
Um salve pro sul, pros bruxos do norte e pro centro-oeste
Essa porra é o RAP

Meu exército não tem conflito
Ninguém se ataca aqui dentro
Concentro e foco o inimigo
Quando nóis tava na rua
Essa mesma gente olhou torto
Cruz cada um tem a sua
Ficar rico e não ser morto

Sempre quis dominar o mundo
Enxergar além e sempre ir à frente
Mas demorei um pouco
Pra entender que antes era mais necessário
Dominar a minha mente
Sente
Não conseguirão dominar a fera
E ela cresceu e se virou contra você
Nunca subestime a nova era
Pois se torna um morto-vivo
Quem desiste de aprender
Mas tem que ouvir alto que isso é RAP, porra!
Sente o poder e o domínio
Que se espalha pela massa
Expande o raciocínio e faz seu cérebro tremer
Desde moleque ouvindo isso
Entender o papel antes de exercer o ofício
RAP é minha vida freestyle é meu vício
Do meio da tempestade à beira do precipício
Me separar dessa porra é difícil
Sumo e apareço sem deixar resquício
Virtudes e vícios
Ecoar nos becos sobem edifícios
Ecoar nos becos sobem edifícios
Você lembra?
Eles nunca gostaram de nós!
Eu fiz coisa pra caralho
E tu nem me agradeceu
Pra você comer filé
Quem roeu o osso fui eu
No começo não tinha ouro
Nem dinheiro, nem contrato, nem show
Só um monte MC, com disposição e flow
Tinha Racionais, RZO, MV Bill e mais meia-dúzia
Não era qualquer menor que podia fazer sua música

Roubava beat gringo
Fazia rima de esquina
Rimava pela garrafa a passagem pelas mina

O RAP veio da rua
O resto são impostores
Sou soldado do RAP
Respeito meus superiores
O que mais posso dizer?
O RAP não é lugar de reis
Eu não seria nada
Se a velha escola não fizesse o que ela fez!

You might also like
Comments
Loading...